sexta-feira, 29 de junho de 2012

Influência de Lula em queda?


O Instituto Datafolha publicou na última quarta feira pesquisa que não apenas mostra a queda de Haddad, candidato do PT a prefeitura de São Paulo, mas explica porque isso ocorreu mesmo o ex-ministro da Educação recebendo o intenso apoio de Lula. Na verdade a leitura é outra: o que está em queda é a influência de Lula no processo sucessório paulista.
Na mesma pesquisa que apontou Serra com 31%, Russomanno, subindo, com 24% e Haddad com 6% - na pesquisa anterior o petista tinha 8% - o Instituto Datafolha indicou que 36% dos eleitores votariam no candidato indicado por Lula, percentual que era de 49% na pesquisa anterior. Isto é,  pelo menos 13% dos eleitores passaram a questionar a discutível aliança de Lula com dois extremos - Erundina e Maluf. Ao malufar Lula passou um recado claro ao eleitorado paulista de que está acima do bem e do mal. Os petistas envergonhados também estão se perguntando se o grande chefe pirou com os medicamentos que toma para o tratamento do câncer diante de tamanho desrespeito ao próprio partido e ao eleitorado do PT. A aliança foi rejeitada por 62% dos eleitores e sobe para 64% considerando-se apenas eleitores do partido.