sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Bullying presidencial: Dilma perdeu a compostura





A presidente da República Dilma Rousseff subiu no palanque do candidato petista Nelson Pelegrino, em Salvador, e perdeu a compostura. Para se referir a Antonio Carlos Magalhões Neto, então candidato do DEM, usou uma frase irônica :

- Aqui não pode ter um governinho, um governo pequinininho” - disse a presidente, numa clara provocação ao concorrente que tem 1,60 metro de altura em contraste com 1,90 de Pelegrino. Lula, antes, já tinha chamado ACM Neto de naniquinho.

Dilma, ao promover esse bullying presidencial, acabou autorizando ser chamada de gorducha, dentuça, cara de bolacha, mal vestida, mal amada, feia, boneco da Michelin, rainha do Botox, Cleópatra do Paranoá, Rigorosa do Chapadão, Horrorizada do Alvorada, Rainha dos Canteiros de Obras Paradas e outras provocações nunca assumidas. A liturgia do cargo exige mais, presidente.

PS: O "naniquinho" venceu com 53,51% contra 46,49% de Pelegrino.