quinta-feira, 29 de novembro de 2012

João Paulo diz que a pena foi injusta

João Paulo Cunha, condenado por corrupção

Imediatamente após ser condenado pelo STF no processo do mensalão, o deputado federal João Paulo Cunha, do PT, publicou que a pena "injusta e juridicamente equivocada". João foi condenado a pena de 9 anos e 4 meses de prisão sob acusação de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. O cumprimento deverá ocorrer em regime fechado.