domingo, 2 de dezembro de 2012

Os próprios petistas apelam: não dá mais para fazer de conta que nada está acontecendo.


pt A hora da verdade para Lula e o PT

A hora da verdade para Lula e o PT

Com este título o jornalista Ricardo Kotscho - confessamente do lado de Lula seu amigo e "assessor" há mais de 20 anos - publicamente acabou propondo ao ex-presidente e ao PT "virem a público para dar explicações à sociedade porque não dá mais para fazer de conta que nada está acontecendo e tudo se resume a uma luta política, que é só dar tempo ao tempo." Como todo petista, Kotscho demonstra claramente sua imensa decepção diante dos constantes escândalos mas, ainda assim, tenta erguer um escudo na defesa do amigo responsabilizando a oposição, a imprensa e "instituições nacionais" - numa clara referência ao STF que condenou os corruptos do mensalão - como autores de constante massacre que tentam, segundo ele, desconstruir o partido e sua história de "luta e ética". 

Anestesiado, Kotscho alerta os líderes do seu partido: "chegou hora da verdade para Lula e o PT. É preciso ter a grandeza de vir a público para tratar francamente tanto do caso do mensalão como do esquema de corrupção denunciado pela Operação Porto Seguro, a partir do escritório da Presidência da República em São Paulo, pois não podemos eternamente apenas culpar os adversários pelos males que nos afligem. Isso não resolve".

Além do mensalão a justiça deve cuidar deste novo o escândalo, muito mais grave, gestado na sala da Secretaria Presidencial envolvendo sete ministérios e o alto escalão federal na venda de pareceres técnicos, festa de nomeações, tráfico de influência e corrupção, com o conhecimento do ex-presidente, "chefe de Rosimary". A empreiteira Delta e o caso Celso Daniel voltarão à ordem do dia. Certamente vir a público dizer que não viu, não sabia ou que foi traído é uma lenga lenga que o Barbosa não engole. O partido das grandes lutas e da ética não existe mais. Morreu o PT, como o MDB de Ulissses que se transformou no PMDB fisiologista do Quércia. E o PSDB está se enforcando. 

Feliz Natal!
PS: O José Dirceu vai fugir.