sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Morte de Chavez é esperada hoje

Vice de Chavez negocia apoio dos Estados Unidos

Nicolás Maduro, vice presidente, inicia luta contra opositores
Nicolás Maduro diz aos americanos que presidente da Assembléia Nacional, Diosdado Cabello, é ligado ao narcotráfico

O vice-presidente da Venezuela concordou que esteve em contato com os Estados Unidos, entre o final de novembro e começo de dezembro, com autorização da Chavez. Washington também confirmou a conversa alegando que falou com Nicolás e com a oposição também. O jornal espanhol ABC informou que o vice venezuelano levou ao DEA, departamento anti-drogras americano a informação que o atual presidente da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello é envolvido com o narcotráfico. Diosdado é aliado de Chavez e tem força política para disputar a liderança com Maduro e pode assumir a presidência, temporariamente, até a realização de novas eleições, como prevê a constituição caso Hugo Chavez não assuma no próximo dia 10. O presidente eleito está morrendo de câncer em hospital cubano. Sua morte é esperada em algumas horas.