domingo, 26 de maio de 2013

O que restou do socialismo bolivariano na Venezuela

Para denunciar a escassez de alimentos nos supermercados da Venezuela, a população fotografa e publica na internet. Os canais de TV, rádio e jornais, controlados pelo governo, pouco falam do assunto. Faltam alimentos (arroz, farinha, café) e produtos de higiene e limpeza. A Assembléia Nacional aprovou um crédito de 80 milhões de dólares para que o governo compre sabão, papel higiênico, toalhas e fraldas.

A crise ocorre depois de 14 anos de governo de Hugo Chavez, poder transferido para Nicolas Maduro em eleição fraudada. A inflação no país explodiu e as medidas adotadas são paliativos, sem efeitos práticos. A corrupção e violência são grandes no país.