sábado, 25 de janeiro de 2014

Datafolha mostra que paulistano condena rolês



Os pseudointelectuais estão deprimidos: povo condena rolêzinho e apoia PM

Pesquisa Datafolha mostra que 85% dos paulistanos são contra os rolêzinhos e 73% apoiam a ação da Polícia Militar por acreditarem que o objetivo dessas manifestações é a de promover bagunça nos shoppings.

A condenação ocorre em todas as faixas etárias, sexo, escolaridade e renda. Os mais pobres são os que mais criticam os rolêzinhos contrariando o pensamento dos filósofos de botequim. O paulistano deixa claro nessa pesquisa que cansou das badernas. Cerca de 73% dizem que os shoppings não agem com discriminação a cor da pele e que agem corretamente para evitar novos encontros que amedrontam os frequentadores.

Nesse meio tempo os intelectóides tomaram porre em filosofar a respeito do tema a ponto do prefeito Haddad promover reuniões para "autorizar" rolês nos estacionamentos dos shoppings. É o populismo a serviço da imbecilidade.