quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Vergonha, descaso e incompetência!




Uma escola estadual de Marília está com um enorme problema: não sabe o que fazer com a montanha de livros enviados pelo governo do estado que deveriam ser entregues aos alunos do fundamental e médio.

E os livros não foram entregues por uma razão inacreditável: os alunos, simplesmente, não querem os livros. Se levarem pra casa não trarão pra sala de aula - e isso realmente acontece - porque, alegam, pesa muito na mochila. Os livros do ano passado ficaram estocados numa sala e, agora, a escola não tem onde colocar os novos que chegaram.

Sabem o que pode acontecer? Os livros, perfeitamente utilizáveis, podem ir para a reciclagem. Ou jogados no lixo. Isso se repete na maioria das escolas públicas estaduais ou federais. Dinheiro jogado no lixo. Desrespeito, vergonha, falta de competência! Sinônimos que nos levam a concluir o que já sabemos: o caos da edução no  país. O descaso ocorre faz tempo. A TV Globo de Ribeirão Preto flagrou, em 2010,  centenas de livros do Programa Nacional do Livro Didático, do governo federal, jogados num barracão da Cooperativa de Reciclagem de Colina - 399 km de São Paulo. Muitos ainda estavam embalados.

Antes havia o cuidado dos alunos em conservar o material que serviria de doação para uso de outros. Hoje, joga-se no lixo. Os promotores deveriam estar preocupados com isso, sem esperar alguma denúncia cair em suas mãos.
 
Os professores não podem obrigar os alunos a aceitarem os livros. O diretor, se muito, vai discutir nos HTPCs, o que fazer com eles. Geralmente é o lixo ou reciclagem. Descaso e incompetência com dinheiro do povo!