sexta-feira, 22 de abril de 2011

A História Oficial de Marília

Vídeo completo (3 partes) com duração de 25'45"

Por Edson Joel

A História de Marília é um documentário, em vídeo, produzido em 2000, para a Comissão de Registros Históricos da Câmara Municipal de Marília. O filme tem duração de 25'45" e foi registrado em DVD.

Poucos conhecem a história da cidade.

Marília, na verdade, foi fundada por Antonio Pereira e seu filho José Pereira e nasceu chamando-se Alto Cafezal. As fotos registradas datam 1919 como o início da fundação do patrimônio. Antonio chegou a região em dezembro de 1918. Junto vieram dois filhos, um deles, José Pereira, então com 19 anos. O outro faleceu aos 15 anos de idade. Em 1923 o patrimônio Alto Cafezal já era conhecido em todo país. Foi nesse ano que a igreja Santo Antonio começou a ser construída.

Em 1925, Bento de Abreu Sampaio Vidal, então deputado, passou pela região e comprou a Fazenda Cincinatina, do médico carioca Cincinato Braga. Em 1º de abril de 1927 Bento de Abreu começou a construção do patrimônio de Marília, vizinho do Alto Cafezal. Bento de Abreu foi um dos fundadores da cidade e o seu maior benfeitor.


O nome Marília surgiu na viagem que Bento fez à europa no final de 1925 e começo de 1926. A bordo do vapor Julio Cesare leu o poema Marília de Dirceu. O nome do patrimônio deveria começar com a letra "M", por decisão da estrada de ferro que chegava à região. Observe que a partir de Agudo, todas as cidades obedecem a ordem alfabética: Agudos, Bauru, Cabrália Pta, Duartina, Fernão, Garça, etc. A estação seria Lácio. Mas decidiu-se por nova estação no Alto Cafezal.

Em 1926, Bento apresentou, na câmara dos deputados, projeto criando o Distrito de Paz de Marília, o mesmo projeto apresentado em 1925 com o nome de Lácio que ele retirou. O projeto foi aprovado no final de 1926 e o distrito instalado em 1927. E o Alto Cafezal passou a se chamar Marília, nome do patrimônio de Bento de Abreu.

Ficha técnica:
Produtora: TV Marília Produções
Produtora executiva: Maira Andréia de Souza Lopes
Pesquisas: Paula Thais Souza e Edson Joel
Edição e pós finalização: Edson Joel Júnior
Roteiro e direção: Edson Joel

Vídeos em 3 partes