segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Festival de besteiras que assola a Dilma: de novo, um show de imbecilidades

Ouça o discurso confuso de Dilma Rousseff sobre o Dia das Crianças. 
Realmente ela é uma debiloide. 

Por Edson Joel

De novo um discurso de improviso de Dilma Rousseff torna-se alvo de piada nas redes sociais. Ela não consegue formar uma frase com algum sentido lógico. Quando lê mal consegue passar a mensagem tamanha a confusão que faz com as palavras. Se Lula é um analfabeto com as palavras Dilma demonstra que deve ter problemas mentais. 

Falando em Porto Alegre ela referiu-se ao Dia das Crianças, num improviso, e seu mérito confuso tornou-se alvo de gozações nas redes sociais. Leia as besteiras - transcritas, inclusive - ditas pela imbeciloide.

"Eu, primeiro, queria dirigir um cumprimento aqui aos nossos prefeitos e às nossas prefeitas, e dizer que muito me honra a presença deles aqui hoje. E, em especial, uma vez que eu estou aqui nesta cidade tão querida que é Porto Alegre, cumprimentar o nosso prefeito Fortunati e a querida, a primeira-dama Regina Becker. Principalmente porque, se hoje é o Dia das Crianças, ontem eu disse que criança... o dia da criança é dia da mãe, do pai e das professoras, mas também é o dia dos animais. Sempre que você olha uma criança, há sempre uma figura oculta, que é um cachorro atrás, o que é algo muito importante".

Percebe-se que ela tem todos os parafusos, mas estão todos frouxos, podem apostar.


Dilma deve ter confusão mental.