quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Brasil terá menor crescimento entre emergentes


Projeção do PIB brasileiro em 2014 foi reduzido para 2,5%


Entre os chamados países emergentes o Brasil terá o menor crescimento econômico, segundo analistas do Fundo Monetário Internacional. A Índia deverá crescer 3,8% neste ano e 5,1% em 2014. A Rússia, no próximo ano, deve ter um PIB em torno de 3% e a África do Sul pode crescer 2,9% no ano que vem. O fundo reduziu o crescimento brasileiro para 2014 para 2,5% - era de 3,2% - e manteve a projeção para este ano em 2,5%. Basicamente a falta de crescimento no Brasil é decorrente da infra-estrutura débil resultado dos baixos investimentos inclusive da iniciativa privada, dólar alto e inflação crescente.

O crescimento da China deve cair em 2014, de 7,7% para 7,3%. Neste ano o PIB chines deve chegar a 7,8%. O FMI alerta que a inflação alta pesara no desempenho do varejo. O governo diz que a inflação acumulada no ano é de 5,8% mas o índice deve ser muito maior se considerar que os preços da gasolina, energia e transportes urbanos são controlados artificialmente. O preço do combustível está defasado em 30%. A inflação este ano deve bater na casa dos 7%.

Hoje a taxa de juros subiu para 9,5%.