segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Há muito tempo a repressão é coisa nossa ...


Por Carlos Molina

Com Black Bloc ou sem Black Bloc é só o Movimento Social querer retomar as ruas que o cassetete desce. Com eles enchendo o saco ou não em Pindorama a receita para a solução dos problema sociais a muito tempo é camburão, bombas de gás, cassetetes e tiros ...

O único agravante na ação deles é dar o discurso para a Polícia tentar justificar o que sempre fez de melhor, reprimir as constitucionais liberdades de organização, manifestação e expressão do Movimento Popular.

Antes destes trouxas inconsequentes surgirem a forte repressão já existia, eles não são a causa, não a inventaram. Só servem de desculpas para quem tem por principal função "manter o povo em seu devido lugar".

A "democracia" com profundas desigualdades sociais, e sem garantias democráticas de organização manifestação e expressão para que estas sejam superadas pela pressão da vontade popular, não é democracia, é ditadura.

Ameaça a democracia é o estado policial espancando petroleiros, professores, estudantes, índios, sem terras, etc..

Estes jovens, por mais equivocados que estejam, não são a causa do descontentamento popular, são sim a mera consequência de uma sociedade onde não se estimula outras formas de organização, e muito menos espaços para que o povo organizado canalize junto aos poderes as suas aspirações transformadas em legítimas reivindicações.

Os Black Blocs, que não são propriamente um movimento organizado, mas manifestações anárquicas, só ocuparam este espaço pelo fato do Movimento Social Organizado por causa da governabilidade (realpolitik) ter se atrelado ao parlamento burguês e refluído nas suas ações representativas nas ruas. Eles surgem no vácuo causado pela proposital desorganização social.