sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Feliz Ano Novo?


O superávit comercial brasileiro em 2013 foi o pior em 13 anos. O país exportou U$ 242,178 bilhões e importou U$ 239,617 bilhões, um "lucro maquiado" de apenas U$ 2,561 bilhões porque o governo incluiu como "exportação" plataformas petrolíferas produzidas no Brasil e alugadas para a própria Petrobras. Em novembro o superávit comercial da China foi de U$ 34 bilhões.

O grande vilão das importações foi a gasolina que a falida Petrobras não consegue produzir nem pro gasto do país. Faltam investimentos. Basta citar que a Petrobras tem uma dívida impagável de mais de U$ 7,5 bilhões. De dólares.

O dólar disparou em 2013 com alta de mais de 15% levando a taxa de juros com ele. Dilma e Mantega teimaram e perderam: a bandeira de juros baixos, levantada para campanha política, levaram a alta da inflação e, de volta, as maiores taxas de juros do mundo.

O comércio teve um dos piores desempenhos no período de Natal nos últimos 10 anos com um acanhado aumento de 1,5% a 2,5% segundo alguns levantamentos. Os shoppings registraram aumento real de 2,5%, descontada a inflação que hoje beira 5,80%.

A previsão de crescimento da economia no Brasil em 2013 recuou para 2,40% segundo o Banco Central e para este ano a previsão que era de 3,10% já caiu para 3%.

Economia em frangalhos, corrupção galopante, saúde, educação, segurança e justiça falidas. E os governantes investindo em copa do mundo.

Feliz Ano Novo, pra quem?