terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Haddad provoca inflação no crack

Preço do crack dobra na cracolândia 

Por Edson Joel

Nota da Folha de São Paulo informa que o preço da pedra de crack dobrou de preço e já é vendida a R$ 20 no primeiro dia de funcionamento do programa "De braços abertos", implantado por Fernando Haddad, prefeito de São Paulo. Cerca de 302 usuários de drogas passaram a receber moradia, alimentação e R$ 120 por semana, em troca da varrição de ruas. O dinheiro público vira fumaça nos cachimbos dos drogados da cracolândia. Os traficantes comemoram. O bolsa Crack também os alimenta.

Atualmente são mais de 1000 viciados na região e nenhum deles demonstra interesse em procurar tratamento. Os intelectóides do PT criticam a internação compulsória defendendo o direito do dependente químico decidir por ela ou não como se tivessem consciência do seu estado ou capacidade para tal.