sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Para não atrapalhar a campanha de Dilma

Condenados por corrupção: a espera da cadeia 

Lula acha melhor petistas do mensalão cumprirem pena agora

Depois de uma reunião no Palácio da Alvorada, ontem, Lula e Dilma avaliaram que será melhor que os petistas condenados no processo do mensalão sejam encarcerados agora e não às vésperas das eleições presidenciais em 2014. Os petistas José Dirceu, José Genoino, e Delúbio Soares e outros 12 réus poderão ser recolhidos a qualquer momento.

A decisão sobre a expedição do mandado de prisão e de quais réus, está nas mãos do presidente do STF, Joaquim Barbosa. Caberá a polícia a entrega do mandado de prisão mas os advogados dos condenados prometem a apresentação dos seus clientes de forma discreta. Barbosa disse que enviará o caso para a Vara de Execução Penal de Brasília mas, de praxe, o cumprimento das sentenças pode ocorrer em presídios próximos das casas dos condenados.

Por ora João Paulo Cunha, do PT-SP, não cumprirá pena por ter sido condenado por um crime e por ele apresentado recurso. José Dirceu, acusado por corrupção ativa e formação de quadrilha foi condenado a 10 anos e 10 meses mas, por enquanto, cumprirá pena pela condenação por corrupção (7 anos e 9 meses), neste caso, prisão semi-aberta. Durante o dia Dirceu poderá "trabalhar" e a noite será encarcerado.

O discurso do PT foi afinado: todos dirão que não concordam com a decisão da justiça mas que ela deve ser respeitada. Afinal, o que os petistas diriam mais, além disso?