sábado, 6 de julho de 2013

Paulo Henrique Amorim condenado a prisão


Jornalista Paulo Henrique Amorim condenado por injúria preconceituosa
"Negro de alma branca"
A frase endereçada a Heraldo Pereira, jornalista da TV Globo, é do também apresentador da TV Record, Paulo Henrique Amorim e lhe valeu a pena de um ano e oito meses de reclusão. A pena por "injúria preconceituosa" foi substituída por outra, restritiva, ainda não definida. Por ter completado 70 anos, Amorim teve a pena diminuída em três meses considerando a "atenuante de senilidade".


Heraldo Pereira, jornalista da TV Globo


Heraldo Pereira foi criticado por Paulo Henrique em 2009, num blog que mantém na internet. Disse que o jornalista da Globo é um "negro de alma branca" e que "não conseguiu revelar nenhum atributo para fazer tanto sucesso, além de ser negro e de origem humilde".

A desembargadora Nilsoni de Freitas Custódio considerou a manifestação veiculada no blog de Amorim como desrespeitosa e acintosa e que foi "nítida a intenção de ofender a honra" de Pereira. Em outra ação, por danos morais, Amorim entrou em acordo com Heraldo retratando-se publicamente, inclusive com anúncios em jornais e doando R$ 30 mil reais a uma instituição de caridade.