sábado, 16 de fevereiro de 2013

Você já ficou a ver navios?



Por Edson Joel

Maria Antonieta era uma linda jovem e cheia de pretendentes. Mas, exigente na escolha do seu príncipe, escolheu tanto e acabou solteira. Antonieta ficou a ver navios, isto é, ficou só, sem ninguém e na esperança de encontrar um marido. O mesmo pode se dizer sobre muitos venezuelanos que "estão a ver navios", esperando pela volta do ditador Hugo Chavez.
Certamente você já ouviu essa frase ou a usou referindo-se a alguém que tinha alguma esperança na realização de algo. Na verdade "a ver navios" é uma expressão antiga, mas ainda viva até hoje e.que muitos usam e não sabem de onde veio. O que significa isso?


Em 1578, Dom Sebastião, rei de Portugal, morreu durante a violenta batalha naval de Alcácer-Quibir, no confronto entre lusitanos e marroquinos. Mas seu corpo nunca foi encontrado. Muitos portugueses recusavam-se a acreditar na sua morte e, na esperança de ver o retorno do rei, ficaram, durante anos, no Alto de Santa Catarina, em Lisboa, esperando pela chegada de navios trazendo Dom Sebastião. Sempre que alguém tinha alguma esperança vã dizia-se que estava-se "a ver navios". 

Pronto, falei!