quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Julgamento de Vinícius será dia 7 de março. Voto da relatora não foi divulgado

Decisão sai dia 7 de março

O parecer da relatora desembargadora Marli Ferreira no processo que envolve o prefeito de Marília, Vinícius Camarinha, já foi dado mas não divulgado seu teor. Segundo o site do TRE o voto foi registrado no começo da tarde de hoje e pode ser aberto no final desta semana. Para se compreender, o Recurso Eleitoral 49.057 tenta derrubar a decisão em primeira instância do Juiz Eleitoral Silas Silva Santos que cassou Vinícius Camarinha e determinou nova eleição municipal na cidade.

O prefeito eleito conseguiu se diplomar e tomar posse com uma liminar nas mãos até que seja julgado o mérito. Na data de hoje ficou marcado para 7 de março o julgamento no Tribunal Regional Eleitoral, por sete desembargadores.

Abuso de poder econômico e uso indiscriminado da mídia durante a campanha eleitoral foram os motivos que levaram o Juiz Silas Silva Santos determinar a cassação. Por outro lado, José Gênova, promotor público, alega que não encontrou provas de tais alegações e pediu arquivamento.

Se o TRE determinar a manutenção da sentença de Silas, Vinícius verá seu futuro político complicar-se já que isso levará a perda dos direitos políticos por oito anos e poderá colocar na cadeira que hoje senta, um adversário político.

A presença de petistas no governo de Vinícius - ipsis litteris entenda-se manutenção de Toffoli e cia Ltda na prefeitura - é claro indicador de negociação dos governistas com o ministro do STF, Dias Toffoli, mano do ex-prefeito mariliense, como uma forma de blindagem?