quarta-feira, 5 de junho de 2013

Internet: provedor não é mais exigência


Os consumidores, a partir de agora, não precisarão contratar provedores para acessar a internet, o que antes era obrigado. A Anatel atualizou o seu regulamento de banda larga e acabou com essa exigência.  Os provedores de acesso continuarão a existir porque 10% da população ainda usa o sistema discado. 

Faz tempo que a tecnologia dispensou essa necessidade uma vez que o próprio prestador da banda larga pode oferecer os serviços que eram feitos pelos provedores no caso de internet discada. 

É curioso que muitos comemoram o fim da exigência como "uma conquista" mas, na verdade, é mais uma demonstração de como nossas legislações são arcaicas, pobres  e lentas. Esse pendenga corre pela justiça desde 2002 - provedor é obrigatório ou não - quando qualquer molequinho de 5 anos saberia que as novas tecnologias dispensavam essa exigência absurda, comumente chamada "venda casada".

O mundo da tecnologia dá saltos gigantescos a todo instante mas os legisladores, particularmente os brasileiros, são panacas demais para perceberem tais mudanças.