quinta-feira, 27 de junho de 2013

As abelinhas do Palhaço Choquito

O Palhaço Choquito tem feito uma platéia especial rir... e muito: seus colegas de vereança. João Paulo Salles, 32 anos e natural de Ubirajara, era um palhaço que virou vereador em Marília depois de 1407 votos obtidos nas últimas eleições, pela legenda do PSD.

Recentemente disse que só concordaria com uma greve se ela ocorresse fora do horário do trabalho. Agora acabou de criar uma nova palavra. Da tribuna ele lamentou que a "abelhincuntura" está se extinguindo na região. Claro que ele se referia a apicultura, mas o neologismo (fenômeno linguístico que, na tentativa de se expressar ou facilitar a comunicação, cria uma nova palavra ou expressão) funcionou como uma boa piada. Pelo menos a platéia gostou. Para os críticos ele apenas se comportou devidamente na casa como um palhaço no circo. Para os analistas, isso é marketing do palhaço pra ficar em evidência, na mídia. 

De qualquer maneira, segundo o foco "construtivista", as risadas revelaram preconceito linguístico, diria Emília Ferrero, "apóstola" de Jean Piaget, já que todos entenderam a mensagem, apesar do português de pouca nobreza. Veja o vídeo do Hora H.