sábado, 27 de abril de 2013

E a greve da Apeoesp?



Não deu em nada?

Os professores que pagam o sindicato deveriam rever essa despesa. O discurso mofado é sempre o mesmo: a culpa é das elites, do capitalismo e dos imperialistas exploradores. Ou dos governantes de plantão. Mas conquistas, muito poucas. Os próprios professores se confessam cansados dessa ladainha.

A Apeoesp recebe, em média, R$ 40,00 de cada professor associado. Supondo que o sindicato tenha 130.000 sindicalizados x R$ 40,00 = R$ 5,2 milhões por mês x 12 meses = R$ 62.4 milhões ano.

É muita grana pra pouco resultado. Pouco resultado? Resposta: sim, resultado quase nulo.
Pra saber a verdade, basta perguntar aos professores se eles estão satisfeitos com os seus salários e com as condições de trabalho.

Somente no Estado de São Paulo são 5,3 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos. E uma péssima educação. É preciso ser especialista para afirmar isso? Não, basta ver os resultados. Somos os penúltimos em qualquer avaliação internacional.