sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Governo indiano é cúmplice dos crimes de estupros pela ausência de ações


CONTRA ESTUPROS, POLÍTICOS DISTRIBUEM FACAS E PIMENTA AS MULHERES


O partido Shiv Sena, da Índia, alinhado com os grupos de oposição, distribuiu grande quantidade de pimenta e milhares de facas com lâminas pequenas, em Mumbai e arredores, como proteção as mulheres contra estupros, ato muito comum e pouco punido na Índia. Logo após a violenta morte da jovem estuprada dentro do ônibus, deputados do país sugeriram a proibição de cortinas nos coletivos. Por ai se percebe a ausência de cérebro também nos "representantes do povo" naquele país. 

Tal lá, como cá, ao invés de uma política de segurança e punição rigorosa contra os crimes desta natureza, trabalha-se com paliativos. Os dirigentes indianos que, ao longo dos séculos, vem assistindo passivamente a violência contra as mulheres, podem ser chamados de cúmplices.