terça-feira, 19 de março de 2013

Casa do agente penitenciário morto durante assalto foi roubada

Sebastião Rodrigues Mourão, 50 anos, morreu vitima de um tiro na cabeça após confronto com assaltantes que agiam na Joalheria Eduardo, na rua 4 de Abril, em Marília, no dia 14 passado. Os três assaltantes foram presos, um deles ferido na troca de tiros. A família doou as córneas. Poucas horas após seu velória e enterro, a viúva Marcia Mourão levou outro choque: ao retornar para a residência encontrou a casa arrombada e revirada. Ladrões levaram objetos como note, impressora, aparelhos domésticos e de som. Sebastião era agente penitenciário e trabalhava "de bico" como segurança para várias lojas da cidade.

Sebastião,a esquerda da foto, baleado na cabeça
esperando socorro