sábado, 2 de março de 2013

Morre 240ª vítima do incêndio na Boate Kiss

Acima, Pedro Falcão Pinheiro e abaixo, equipe Rolo Compressor,
onde o jovem de 25 anos jogava
Pedro Falcão Pinheiro, de 25 anos de idade, morreu vítima das queimaduras do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria. A informação é do Hospital Cristo Redentor, de Porto Alegre.  A tragédia ocorreu no dia 27 de janeiro quando o fogo se espalhou pelo espuma utilizada indevidamente como sistema acústico e matou os jovens, na sua maioria, por asfixia. A morte foi confirmada esta manhã. Natural de Santana do Livramento, Falcão estudava na Unifra e trabalhava na ALL.

O delegado que investiga o caso deixou claro que deve indiciar agentes públicos como responsáveis pela tragédia. A Boate não tinha alvará de funcionamento e sua documento estava irregular no Corpo de Bombeiros e mesmo assim funcionava. Em Buenos Aires tragédia igual custou a cassação do prefeito e a condenação do dono da discoteca a 20 anos de prisão.