quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

FHC quer que STF julgue mensalão mineiro

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso
Fernando Henrique Cardoso confessou-se surpreso pelo mensalão do PT ter paralisado o país e tem uma explicação: o país não estava acostumado a ver o julgamento de graúdos da política. Ao falar na Associação Comercial do Rio o ex-presidente também pediu que o STF julgue o chamado mensalão mineiro, suposto esquema de financiamento da campanha do então governador Eduardo Azeredo, do PSDB. " Tem que julgar e julgar rápido", pediu ele.

Sobre o confronto que Marco Maia, presidente da Câmara dos Deputados, pretendeu criar com o STF, Fernando disse que "não há crise nenhuma. Tudo é uma questão de interpretação. Uma vez que o Supremo toma a decisão de suspender os direitos políticos, não há como a pessoa exercê-lo", afirmou.

Fernando criticou o congresso e os próprios correligionários e, para ele, o "Brasil precisa passar por uma sacudida forte e é necessário iniciar um movimento para se construir um país decente."