quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Sem provas

Promotor Jairo Gênova (Foto Diário de Marília)
Cassação de Vinícius não procede, diz promotor

Falando por telefone com a reportagem da TV TEM, o promotor Jairo Gênova afirmou que não há provas suficientes para a cassação de Vinícius Camarinha acusado de abuso do poder econômico e propaganda irregular no Jornal Diário de Marília. Vinícius, eleito com mais de 61 mil votos, teve seu registro cassado pelo juiz Silas Silva Santos e as eleições anuladas. Após ser notificado, os advogados de Vinícius devem recorrer ao TRS SP.


O promotor alega que não viu consistência nas alegações contra o candidato na ação que foi proposta contra o jornal Diário de Marília e Vinícius e, não encontrando provas da ligação dele com o jornal, julgou improcedente. Disse que o jornal extrapolou o direito de informar e pediu sua condenação. Os processos, nestes casos, correm céleres e a justiça eleitoral deve se pronunciar antes da diplomação.


Jairo Gênova protocolou, na semana passado, pedido de cassação da candidatura de Domingos Alcalde a vereador e a anulação dos 1.596 votos recebidos.