sábado, 24 de novembro de 2012

Começa o golpe contra a democracia

PT tenta desestabilizar democracia confrontando-se com STF

O mensaleiro José Dirceu, condenado a dez anos e dez meses de prisão pelo Supremo Tribunal Federal, sob o argumento de que aceita a decisão mas tem direito de discordar, passou a convocar o partido e os movimentos sociais para protestar nas ruas contra a decisão da justiça. Dirceu está na iminência de ir para a cadeia cumprir a pena.


Ao promover o confronto, o partido da presidente coloca a democracia em risco e avança na tentativa de calar a justiça. O partido dos Trabalhadores pretende censurar, além do STF, também a imprensa, criando meios de controle, processo típico de países totalitários. João Paulo Cunha e José Genoíno, ambos condenados também, participaram do encontro dos membros do partido.


Curiosamente o movimento pede justiça aos líderes do PT e em nenhum momento reivindicaram suspensão de penas de Marcos Valério, sócios e advogado, banqueiros do Rural envolvidos na trama e parceiros políticos de outros partidos, também condenados. Acusar o STF com afrontas é o começo de um golpe político com anuência da Presidente Dilma. Zé Dirceu, o guerrilheiro de araque, virou corrupto. Agora é golpista.